A Brasília que não lê

Quem são esses brasileiros analfabetos residentes no DF?

Leia Mais

Projeto Leitura

O Projeto Leitura, tem como objetivo vencer um dos maiores desafios encontrados pelos professores e amantes da literatura: Criar o hábito da leitura.

Leia Mais

Projeto LEF

Projeto LEF Confira artigos, trabalhos, Vídeos, Fotos, projetos na seção do Letramento no Ensino Fundamental.

Leia Mais

Décadas de escavações arqueológicas no México, na Guatemala e até no Paquistão estão trazendo pistas sobre grandes civilizações do passado que parecem ter se organizado em moldes "republicanos", sem um monarca absoluto e com participação coletiva de ao menos parte da população nas decisões políticas.

É mais ou menos o modelo de funcionamento das cidades-estados da Grécia Antiga ou das repúblicas italianas do Renascimento, como Florença e Veneza - com a diferença importante de que os povos em questão não são europeus, mas nativos das Américas e, talvez, do subcontinente indiano. Até pouco tempo atrás, a maioria dos arqueólogos e historiadores apostaria que, nessas regiões do planeta, todas as grandes civilizações teriam surgido a partir do domínio de monarcas absolutos, com status quase divino.

Por enquanto, o exemplo mais claro em favor da hipótese das "repúblicas pré-colombianas" é a cidade-estado de Tlaxcallan, na região central do México. Fundada em 1250 d.C., ela estava em seu auge quando os espanhóis invadiram a região em 1519. A equipe coordenada por Richard Blanton e Lane Fargher, da Universidade Purdue (EUA), tem combinado os relatos da época da conquista espanhola com os dados das escavações para propor que Tlaxcallan era governada por uma espécie de conselho de notáveis ou "Senado", com até 200 membros, para o qual podiam ser recrutados plebeus e pessoas oriundas de grupos étnicos minoritários, desde que se mostrassem bons guerreiros e administradores.( Folha de São Paulo, 2/3/2017)

Categoria pai: Seção - Blog

Uma palavra depois da outra


Crônicas para divulgação científica

Em 02 de Setembro de 2017, chegamos a 4855 downloads deste livro. 


:: Baixar o e-book para ler em seu Macintosh ou iPad
:: Baixar PDF


Novos Livros

Perfil

Nasci no remoto ano de 1945, em São Lourenço, encantadora estação de águas no sul de Minas, aonde Manuel Bandeira e outros doentes iam veranear em busca dos bons ares e águas minerais, que lhes pudessem restituir a saúde.

Leia Mais

Publicações

Do Campo para a cidade

Acesse:

 

Pesquisar