A Brasília que não lê

Quem são esses brasileiros analfabetos residentes no DF?

Leia Mais

Projeto Leitura

O Projeto Leitura, tem como objetivo vencer um dos maiores desafios encontrados pelos professores e amantes da literatura: Criar o hábito da leitura.

Leia Mais

Projeto LEF

Projeto LEF Confira artigos, trabalhos, Vídeos, Fotos, projetos na seção do Letramento no Ensino Fundamental.

Leia Mais

Benefícios e perigos do fogo

 

Estou começando com este arquivo uma seção neste site em que vamos trabalhar com exercícios de leitura de diferentes textos. O texto de hoje é informativo.

 

 Fogo: uma saga ancestral*

 

“Voltemos ao tempo em que o ser humano [desceu das árvores, equilibrou-se sobre as patas traseiras e aprendeu a bater] uma pedra na outra para produzir pontas afiadas que facilitariam o corte de carnes e peles de animais. Pois entre 1,8 milhão e 300 mil anos atrás, o Homo Erectus, dotado de raciocínio lógico, descobriu que, se esfregasse bem duas superfícies rochosas, as pederneiras, obteria uma faísca. Esta, por sua vez, incendiaria materiais de fácil combustão, tais como pedaço de madeira e palha. Ali irrompia uma revolução que se desdobra até hoje. Afinal, o fogo ainda é a principal fonte de energia mundial.

O fato imediato é que a somatória de luz e calor tornou a vida muito melhor. Agora nossos antecessores podiam se aquecer, afugentar animais, iluminar acampamentos e cozinhar. ‘O domínio do fogo e o desenvolvimento de técnicas para construção de ferramentas foram fundamentais para o aumento populacional, para a sobrevivência humana e para o início do processo de sedentarização’, destaca Pedro Eurico Rodrigues, mestre em História pela Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC)”. (MELO, 2021).

 

1.     Localizar informações explícitas no texto

1,8 milhão a 300 mil anos atrás

Homo Erectus

A produção do fogo pelo homem

O conforto que o fogo traz

 

2.    Inferir o sentido de uma palavra ou expressão

Pederneiras: sílex capaz de produzir centelhas.

Sílex: rocha dura composta de sílica.

 

3.    Reconhecer o efeito de sentido decorrente da escolha de uma determinada palavra

a)    Incendiaria: uso do verbo incendiar para introduzir os problemas trazidos pelo fogo.

b)    Fonte de energia mundial: uso da palavra “fonte” para transmitir a noção dos benefícios que o fogo traz.

c)    Revolução: essa palavra é usada no sentido de “evolução”.

d)    Somatória: a palavra serve de base para a inferência de que há duas dimensões a serem consideradas em relação ao fogo, suas vantagens e seus perigos.

e)    Sedentarização: prepara o leitor para os tópicos seguintes na reportagem referentes à vida comunitária e urbanização.

 

4.    Identificar o efeito de ironia ou humor

“Voltemos ao tempo em que o ser humano [desceu das árvores, equilibrou-se sobre as patas traseiras]”.

 

5.    Estabelecer relação de causa e consequência

A obtenção da faísca como consequência do raciocínio lógico do ser humano.

 

6.    Inferir informações implícitas

a) o fogo é a principal fonte de energia.

b) a energia tonou a vida humana muito melhor.

 

7.    Estabelecer relações entre partes de um texto identificando repetições ou substituições que contribuem para a continuidade temática

Substituição: Ser humano e Homo Erectus

 

8.    Distinção entre fato e opinião

“O domínio do fogo e o desenvolvimento de técnicas para construção de ferramentas foram fundamentais para o aumento populacional, para a sobrevivência humana e para o início do processo de sedentarização”.

 

*Baseado em:

BORTONI-RICARDO, Stella Maris. MACHADO, Veruska Ribeiro. CASTANHEIRA, Salete Flôres. Formação do Professor como Agente Letrador. São Paulo: Editora Contexto, 2010.

MELO, Raphaela de Campos. Fogo: uma saga ancestral. Aventuras na História, São Paulo, ed. 219, p. 40 – 49, agosto 2021.

Categoria pai: Seção - Blog

Pesquisar

A Odisseia Homero

Em 03 de setembro de 2021, chegamos a  6.341 downloads deste livro. 

:: Baixar PDF

:: Baixar o e-book para ler em seu Macintosh ou iPad

Uma palavra depois da outra


Crônicas para divulgação científica

Em 03 de setembro de 2021, chegamos a 11.613 downloads deste livro.

:: Baixar PDF

:: Baixar o e-book para ler em seu Macintosh ou iPad

Novos Livros

 





Perfil

Nasci no remoto ano de 1945, em São Lourenço, encantadora estação de águas no sul de Minas, aonde Manuel Bandeira e outros doentes iam veranear em busca dos bons ares e águas minerais, que lhes pudessem restituir a saúde.

Leia Mais

Publicações

Do Campo para a cidade

Acesse: